O algodão orgânico é realmente sustentável. Vamos descobrir por quê!

É provável que já estejamos familiarizados com o algodão como um dos tecidos mais usados na indústria do vestuário. Mas, apesar de tão conhecido, ainda há muito que não sabemos sobre o material. Como é produzido? É maléfico para o meio ambiente ou para a população? Na hora das compras, é melhor optar pelo algodão orgânico?


Cotton plant - Balls of cotton ready for harvest
Algodão - Bolas de algodão prontas para a colheita. Fonte Wikipedia

O algodão se originou na Índia por volta do ano 5.000 a. C. e atualmente é usado em todo o

mundo. Aproximadamente 27 milhões de toneladas são produzidas a cada ano, feitas de fibras naturais das plantas de algodão (que parecem bolinhas macias). Para que o algodão possa efetivamente ser utilizado como vestimenta, as fibras naturais são transformadas em fios.



Por que o algodão convencional é prejudicial para o meio ambiente?


  • O cultivo excessivo do algodão diminui e degrada o solo, além de usar grandes quantidades de água. De acordo com a Organização Mundial de Conservação (WWF), são necessários 20 mil litros de água para produzir 1 quilo de algodão e, por causa disso, países como a Índia estão ficando sem água subterrânea e superficial. Ademais, produtos químicos poderosos são utilizados para tratar o algodão. Embora a indústria tradicional do algodão ocupe 2,6% da superfície total do mundo, utiliza 6% dos pesticidas e 16% dos inseticidas a nível global.

  • A água poluída da indústria atinge rios e outros cursos de água, prejudicando tanto a vida marinha quanto os seres humanos.

  • Em alguns casos, a colheita manual de algodão leva à exploração. De acordo com a BBC, em 2014, na Índia, mais de 400.000 crianças trabalhavam em fazendas de algodão. Como a maioria das marcas e distribuidores afirma não saber que o algodão que compram foi colhido por meio da exploração infantil, é provável que seja muito difícil de rastrear. No entanto, existe uma maneira de garantir que o algodão é produzido de forma ética: comprando algodão certificado pelo comércio justo.

“Algodão orgânico” é aquele definido como algodão que cresce organicamente a partir de plantas não geneticamente modificadas e sem o uso de produtos químicos sintéticos para a agricultura, como fertilizantes ou pesticidas, além dos permitidos pela certificação de produtos orgânicos. Esse tipo de algodão é cultivado em países subtropicais como Índia, Turquia, China e parte dos Estados Unidos. Supõe-se que produção de algodão orgânico promove um aumento e melhoria da biodiversidade e dos ciclos de vida.


Organic farming system diagram depicting all the stages of it in vector style
Como funciona o sistema de agricultura orgânica? - Fonte http://aboutorganiccotton.org/

Benefícios do algodão orgânico


  • Diferente do cultivo do algodão tradicional, a pegada hídrica do algodão orgânico é de apenas 10% e nenhum pesticida é usado em sua produção.

  • Segundo a organização About Organic Cotton, utiliza 88% menos água do que o algodão tradicional.

  • De acordo com a Organic Trade Association, quando o algodão é cultivado organicamente, as estratégias de rotação de culturas e práticas de reconstrução do solo mantêm a terra saudável, o que é bom para o clima.

Hoje, se utiliza menos de 1% do algodão orgânico em todo o mundo. De acordo com a organização Textile Exchange Europe, os consumidores podem ajudar a mudar esse cenário comprando e apoiando marcas que optam pelo algodão orgânico em vez do algodão tradicional. As empresas que vendem seus produtos na Europa e nos Estados Unidos não sabem de onde vêm as roupas com algodão orgânico. É provável que conheçam seu primeiro fornecedor, que atende a códigos de conduta, mas nos níveis mais baixos da cadeia é muito difícil identificar a procedência do algodão. No entanto, existem certas ações que podemos tomar, como consumidores, para garantir que estamos fazendo a nossa parte.



Referências e onde aprender mais


Neal, J. (23/02/2014). The task of protecting India's child cotton pickers. BBC News. https://www.bbc.com/news/business-26294513

Goldsmith, B. (10/02/2017). Can going green help pick the slavery out of cotton?. Reuters. https://www.reuters.com/article/us-india-cotton-slavery-idUSKBN15P011

The Guardian (2015). World Water Day: the cost of cotton in water-challenged India. https://www.theguardian.com/sustainable-business/2015/mar/20/cost-cotton-water-challenged-india-world-water-day#:~:text=The%20water%20consumed%20to%20grow,have%20access%20to%20safe%20water.


Recursos adicionais consultados


WorldWildLife: https://www.worldwildlife.org/industries/cotton

Pesticide action network UK (2017). Pesticide Concerns in Cotton: https://www.pan-uk.org/cotton/

The World Counts (2021). Cotton farming water consumption. https://www.theworldcounts.com/challenges/consumption/clothing/cotton-farming-water-consumption/story

Close the loop (2021). A guide towards a circular fashion. https://www.close-the-loop.be/en/phase/3/end-of-life


Imagens


Fig. 1: Wikipedia cotton: https://en.wikipedia.org/wiki/Cotton

Fig. 2: http://aboutorganiccotton.org/






0 views0 comments

Related Posts

See All